Sorrir é bom para a saúde

O sorriso, movimento facial que pode expressar felicidade, já foi estudado desde os tempos remotos. Charles Darwin em suas pesquisas afirmou que expressões faciais são biologicamente inerentes aos seres humanos e portanto um traço de evolução que facilita os laços afetivos, a cooperação, integração e ajuda a aumentar as chances de sobrevivência da espécie. A antropóloga Margareth Mead discordava, acreditando que o sorriso dependia de cada sociedade. Mais recentemente, pesquisadores americanos que estudaram sorrisos pelo mundo e de maneira científica, revolucionaram o estudo das expressões faciais.

As emoções são expressas pela nossa face e no nosso sistema nervoso. Abrindo assim uma gama de pesquisas, já se sabe que a troca de sorrisos entre mães e filhos é fundamental para o desenvolvimento cognitivo e emocional da criança. Pessoas que sorriem espontaneamente, não o sorriso de aeromoça, tem uma qualidade de vida melhor, isto é, melhor saúde física, emocional e se relacionam melhor com as pessoas.

O sorriso ajuda a liberar substâncias associadas à criação de vínculos e à reprodução. Por isso, não só ajuda a fazer amigos como a nos sentir melhor. Pessoas que aprendem a ativar o sorriso, ainda que artificialmente, ativam áreas cerebrais relacionadas ao prazer e a felicidade.

Pessoas impossibilitadas de sorrir por Acidente Vascular Cerebral (derrame), por câncer ou paralisia facial encontram uma dificuldade muito maior em expressar as emoções, passar a diante informações e o relacionamento com outras pessoas fica limitado.

Para esses casos, a medicina já reconstrói sorrisos através de microcirurgias em que transplanta-se um músculo da perna para o rosto e os cirurgiões ligam um nervo facial ao músculo e depois de um ano o paciente volta a sorrir.

O sorriso é um recurso terapêutico tão importante que há milênios a Medicina Tradicional Chinesa já ensinava que devemos meditar sobre os nossos órgãos e ao visualizarmos, imaginarmos cada um deles sorrindo para nós.

Não existe nada mais prazeroso que receber um sorriso do seu próprio coração. É literalmente um sorriso contagiante. Experimente.

Marcia G Ferreira

Esta entrada foi publicada em Sem categoria e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>